Espaço pedagógico: influência para a permanência e êxito dos alunos da educação profissional e tecnológica

  • Paulo De Sá Filho Instituto Federal Goiano
  • Natália Borba de Moraes Marques INSTITUTO FEDERAL GOIANO
  • Marco Antônio de Carvalho INSTITUTO FEDERAL GOIANO
  • Jussara de Fátima Alves Campos Oliveira INSTITUTO FEDERAL GOIANO

Resumen

Uma evasão escolar é um problema que afeta ou sistema educacional de vários países. O Brasil não é real ou diferente, sistema educacional historicamente ou brasileiro assimilado por ele. Comsso, na contemporaneidade, pesquisas que têm como proposta publicar esse fenômeno são fundamentais. Realizamos uma pesquisa de tipo bibliográfico, sendo analisadas relacionadas aos temas de permanência e jogo, interdisciplinaridade correlacionada com aprendizagem significativa, estas estão vinculadas à Educação Profissional e Tecnológica. Apresentamos um resultado para a estrutura de um espaço pedagógico que se fundamenta em uma lógica emancipatória que se caracteriza por ser digital, infraestrutura de comunidade, ema mentalidade de maker.

Biografía del autor/a

Paulo De Sá Filho, Instituto Federal Goiano

Atualmente é Coordenador Técnico dos Cursos Integrados de Educação Não-Núcleo em Perigo do SESI / SENAI GO. Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica, Pós-graduado em MBA Gestão Estratégica de Negócios; Metodologias e Gestão para a Educação a Distância; Gestão de Empresas Sucroalcooleiras; Processos Proativos Criativos; Graduado em Administração de Empresas e Teologia; Graduado em Pedagogia; Técnico em Contabilidade.

Natália Borba de Moraes Marques, INSTITUTO FEDERAL GOIANO
Possui Graduação em Letras Pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Paraíso (2014), Especialização em Metodologia do Ensino Português Língua e Literatura Pela Faculdade FAEL e Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica, cabelo Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Goiano / Campus Morrinhos. Experiência na área de linguística, com foco em lingüística
Marco Antônio de Carvalho, INSTITUTO FEDERAL GOIANO
Professor Titular do Instituto Federal Goiano. Possui graduação (1987) e mestrado (1992) em Administração Rural pela Universidade Federal de Lavras. Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (Conceito CAPES 5). Pós-doutor no currículo e formação profissional agrícola na Catalunha do Departamento de Ciências Sociais Didática - Faculdade de Educação - Universidade Autônoma de Barcelona. Formação profissional em tecnologia e educação em tópicos relacionados com a formação profissional, ensino médio, educação e mundo do trabalho.
Jussara de Fátima Alves Campos Oliveira, INSTITUTO FEDERAL GOIANO
professora E do Instituto Federal Goiano - Campus Avançado Ipameri - GO, Onde also exerce uma Função da Coordenadora Ensino. Atua como Professora nos cursos de português e inglês no Ensino Médio, técnicos e tecnológicos. Atua como professora de Política Educacionais nenhum curso de pedagogia e ensino de Especialização em Ensino Superior fazer. Possui Graduação em Letras - Português / Inglês Pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Araguari (1987), Especialização em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa Pelas Faculdades Claretianas de Batatais (1996) e Mestrado em Educação Agrícola Pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2005). Doutora pela Educação em Goiás Pontifícia Universidade Católica (PUC-GO), na Linha de Pesquisa de Políticas Estaduais em e Instituições Educacionais, OVR para Orientação da professora Drª. Maria Esperança Fernandes Carneiro. Desenvolver pesquisas na área da Língua Portuguesa, com ênfase na produção de textos e interdisciplinaridade; Educação Profissional e Tecnológica, Currículo Integrado, Evasão Escolar e Políticas Educacionais. Membro do Grupo de Pesquisa no CNPq & quot; Políticas Educacionais e Gestão Escolar & quot; Coordenadora do Grupo de Pesquisa, não do CNPq, "Estudos Interdisciplinares e Pesquisa em Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas". Faz parte do quadro de professores do Mestrado Profissional da Educação Profissional - ProfEPT, no IF Goiano - Campus Morrinhos. Membro do Grupo de Pesquisa no CNPq & quot; Políticas Educacionais e Gestão Escolar & quot; Coordenadora do Grupo de Pesquisa, não do CNPq, "Estudos Interdisciplinares e Pesquisa em Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas". Faz parte do quadro de professores do Mestrado Profissional da Educação Profissional - ProfEPT, no IF Goiano - Campus Morrinhos. Membro do Grupo de Pesquisa no CNPq & quot; Políticas Educacionais e Gestão Escolar & quot; Coordenadora do Grupo de Pesquisa, não do CNPq, "Estudos Interdisciplinares e Pesquisa em Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas". Faz parte do quadro de professores do Mestrado Profissional da Educação Profissional - ProfEPT, no IF Goiano - Campus Morrinhos.

Citas

ANDIFES, Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior. Com evasão escolar empacada, país levaria 200 anos para incluir jovens. Disponível em: http://www.andifes.org.br/com-evasao-escolar-empacada-pais-levaria-200-anos-para-incluir-jovens/. Data de acesso: 27 jul. 2018.

ALVES, Lynn Rosalina Gama; PRETTO, Nelson. Escola: um espaço de aprendizagem sem prazer? Disponível em:< https://www.researchgate.net/profile/Lynn_Alves/publication/304011369_Escola_um_espaco_de_aprendizagem_sem_prazer/links/5762b21d08ae0eda64310e44/Escola-um-espaco-de-aprendizagem-sem-prazer.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2018.

AUSUBEL, David P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Tradutor: Lígia Teopisto; Plátano Editora; 1.ª Edição PT, 2003.

BRASIL, Ministério da Educação. Plano Nacional de Educação - PNE para o decênio 2011-2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=7116-pl-pne-2011-2020&Itemid=30192. Data de acesso: 26 jul. 2018.

EHLERS, Ana Cristina da Silva Tavares; SOUZA, Marcio Vieira de. (Org.). Educação fora da caixa: tendência para a educação no século XXI. 1ed. Florianópolis: Bookess, 2015, v. 1, p. 33-48.

FLEMING, L. (2015). Worlds of making: Best practices for establishing a makerspace for your school: Corwin Press.

FIGUEIREDO, Natália Gomes da Silva; SALLES, Denise Medeiros Ribeiro. Educação Profissional e evasão escolar em contexto: motivos e reflexões. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/ensaio/2017nahead/1809-4465-ensaio-S0104-40362017002500397.pdf>. Acesso em: 26 jul. 2018.

FREIRE, Paulo. A pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 17ª ed. 1970.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Acesso à internet e a televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal. Coordenação de Trabalho e Rendimento. – Rio de Janeiro: IBGE, 2016.

LAKATOS, Eva Maria.; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2001.

LAKATOS, Eva Maria.; MARCONI, Marina de Andrade. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

LEÃO, Denise Maria Maciel. Paradigmas contemporâneos de educação: escola tradicional e escola construtivista. Cadernos de pesquisa, v. 107, p. 187-206, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n107/n107a08. Acesso em: 22 ago. 2018.

LIBÂNEO, J. C.; OLIVEIRA J. F.; TOSCHI M. S.; Educação escolar: políticas estrutura e organização. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2005.

KOTUJANSKY, Silvio et. al. Cluster de Inovação na Educação: Estratégias para a melhoria da educação e competitividade organizacional. In: Clarissa Stefani Teixeira;

MARTIN, Lee. The Promise of the Maker Movement for Education. Disponível em:<https://docs.lib.purdue.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1099&context=jpeer>. Acesso em: 20 ago. 2018.

MARTINEZ, S. L.; STAGER, G. (2013). Invent to Learn: Making, Tinkering, and Engineering in the Classroom. Torrance, CA: Constructing Modern Knowledge Press.

MEGGIORIN, Luís Claudio. A evasão no ensino médio. Disponível em: http://www.jb.com.br/sociedade-aberta/noticias/2013/10/04/a-evasao-no-ensino-medio/. Data de acesso: 26 jul. 2018.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos; BEHRENS, Marilda Aparecida. Os novos espaços de atuação do professor com as tecnologias. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 21. ed. Campinas: Papirus, 2013. p. 27-29.

MOREIRA, Marco Antônio. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: EPU. 1999.

OLIVEIRA, Silvio Luiz de. Tratado de Metodologia Científica: projetos de pesquisas, TGI, TCC, monografias, dissertações e teses. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

OLIVEIRA, Jussara F. A. C.; FELICIO, C. M. ; SILVA, O. N. ; Rosa Filho, S. N. ; Soares, Marlon H. F. B. ; Matos, Maurício dos S. . Proposta interdisciplinar para o ensino de Química no Curso Técnico em Agricultura. Cadernos Temáticos (Impresso), v. 1, p. 79-83, 2007.

PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira. O Uso da Tecnologia no Ensino de Línguas Estrangeira: breve retrospectiva histórica. Disponível em Acesso em: 2 ago. 2018.

PARRA FILHO, Domingos.; SANTOS, João Almeida. Metodologia Científica. São Paulo: Futura, 1998.

SAMANGAIA, R; NETO, D. D. Educação científica informal no movimento “Maker”. X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – São Paulo. 2015. Disponível em <http://www.xenpec.com.br/anais2015/resumos/R0211-1.PDF> Acesso em: 23 jul. 2018.

SANTOS. Marisilvia dos, SCARABOTTO. Suelen do Carmo dos Anjos, MATOS. Elizete Lucia Moreira. Imigrantes e nativos digitais: um dilema ou desafio na educação? Disponível em:< http://educere.bruc.com.br/CD2011/pdf/5409_3781.pdf>. Acesso em: 23 jul. 2018.

SAVIANI, Demerval. Escola e Democracia. 34. ed. rev. Campinas, Autores Associados, 2001. (Col. Polêmicas do Nosso Tempo; vol. 5). 94 p.

SILVA FILHO, Raimundo Barbosa; ARAÚJO, Ronaldo Marcos de Lima. Evasão e abandono escolar na educação básica no Brasil: fatores, causas e possíveis consequências. Disponível em:< http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/article/download/24527/15729>. Acesso em: 23 jul. 2018.

TEIXEIRA, Clarissa Stefani; EHLERS, Ana Cristina da Silva Tavares; SOUZA, Marcio Vieira de. (Org.). Educação fora da caixa: tendência para a educação no século XXI. 1ed.Florianópolis: Bookess, 2015.

Yared, Ivone. O que é interdisciplinaridade. In.: FAZENDA, Ivani. O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

Publicado
2020-01-17
Cómo citar
De Sá Filho, P., Borba de Moraes Marques, N., de Carvalho, M. A., & Alves Campos Oliveira, J. de F. (2020). Espaço pedagógico: influência para a permanência e êxito dos alunos da educação profissional e tecnológica. Revista Internacional De Educación Y Aprendizaje, 7(4), pp. 187-194. Recuperado a partir de https://journals.epistemopolis.org/educacion/article/view/2017
Sección
Artículos