Análise de projetos arquitetônicos modernistas com interferências visuais no Brasil / Analysis of Modernist Architectural Projects with Visual Interference in Brazil

  • Marco Antonio Rossi Universidade Estadual Paulista - UNESP
  • Eliane Patricia Grandini Serrano Universidade Estadual Paulista - UNESP

Resumen

ABSTRACT

Modernism was a movement that began in the 1920s through the critical activities of Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Mário de Andrade and others who warned against the appreciation of national roots. Thus exposed their ideas of renovating groups of artists who begin to unite around a new aesthetic proposal. Modern architecture in Brazil had their origins in European avant-garde in the early twentieth century as well, represented by architect Antonio Moya. In 1923 arrives in São Paulo Warchavchik the architect, who always insisted on the character while "modern" and "Brazilian" in its architecture. Following years: architects assert themselves fully, influencing young architects. This research aims to analyze the projects executed by some architects who rewrote and reshaped the architecture in Brazil with modernism and artistic / visual interference paneled walls and details inside these buildings.

RESUMO

O modernismo foi um movimento que se iniciou por volta dos anos 1920 através das atividades críticas de Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Mário de Andrade entre outros, que alertaram para a valorização das raízes nacionais. Assim expuseram suas idéias renovadoras de grupos de artistas que começam a se unir em torno de uma nova proposta estética. A arquitetura moderna no Brasil teve suas origens na vanguarda européia no início do século XX assim, representada pelo arquiteto Antônio Moya. Em 1923 chega a São Paulo o arquiteto Warchavchik, o qual Insistia sempre no caráter ao mesmo tempo “moderno” e “brasileiro” na sua arquitetura. Anos seguintes: arquitetos se afirmam integralmente, influenciando os novos arquitetos. Esta pesquisa tem o objetivo de analisar os projetos executados por alguns arquitetos que reformularam ou reescreveram a arquitetura no Brasil com o modernismo e as interferências artísticas / visuais com painéis nas paredes e detalhes inseridos nestas construções.

Citas

Andrade, M. (1980). Poesias concretas (6ª ed.). São Paulo, Brasil: Martins Fontes.

Antigas, J.B.V. (2004). Caminhos da arquitetura. São Paulo, Brasil: Lech.

Bortoloti, M. (2012). Memórias do palácio. Revista VEJA, 10 (05), p. 97.

Costa, L. (s/n). Lucio Costa: registro de uma vivência. Rio de Janeiro, Brasil: Ed. Outros.

Silva, A. (2007). O modernismo. São Paulo, Brasil: Perspectiva.

Publicado
2014-05-05
Cómo citar
Rossi, M. A., & Grandini Serrano, E. P. (2014). Análise de projetos arquitetônicos modernistas com interferências visuais no Brasil / Analysis of Modernist Architectural Projects with Visual Interference in Brazil. Revista Internacional De Cultura Visual, 1(2). Recuperado a partir de https://journals.epistemopolis.org/imagen/article/view/642
Sección
Artículos